Pular para o conteúdo
Início » A LUTA DA AUSTRÁLIA CONTRA A PANDEMIA E O 5G

A LUTA DA AUSTRÁLIA CONTRA A PANDEMIA E O 5G

Por Ana Clara (Time 320)

A Austrália tem sido palco de diversas manifestações contra a implantação do 5G desde 2019. Estima-se que 1 em cada 5 australianos acredita que a rede 5G é responsável pela disseminação de diversas doenças incluindo coronavírus. Australianos ainda dizem que Bill Gates é responsável pela pandemia e que esta é um falso pretexto para que toda a população seja vacinada.

Ao longo de 2020, apesar da insatisfação da população, a empresa Telstra realizou a instalação de 3.700 torres de 5G em mais de 200 cidades do país. O povo realizou tentativas de impedir as construções e o governo declarou, ainda em 2020, que causar qualquer dano à rede 5G é uma ofensa criminal e diversos manifestantes foram presos.

Protestos em Melborne

O governo australiano investiu $9MM para endereçar a “desinformação” da população, fazendo comunicações em massa sobre a importância da conectividade rápida, de estar conectado 100% do tempo e, também, declarou que a rede 3G será desativada em breve no país.

Em junho de 2021, novas manifestações ocorreram no país, organizadas pela Global Protest e Stop 5G International, organizações globais que lideraram protestos de três dias na Austrália, Peru, Estados Unidos e Índia.

Hoje, os protestos não foram suficientes para impedir a construção das torres de 5G, mas a desconfiança da população sobre a pandemia e as vacinas tem causado atrasos no plano de vacinação do governo, que parou as compras do imunizante da AstraZeneca depois do alerta popular sobre riscos à saúde.

 

Tradução: Ana Clara

Compartilhe

Entre em contato com a gente!

×