Pular para o conteúdo
Início » DOCUMENTOS CONFIDENCIAIS: A MODERNA JÁ ESTAVA TRABALHANDO NA VACINA DE MRNA CONTRA O CORONA MUITO ANTES DA PANDEMIA

DOCUMENTOS CONFIDENCIAIS: A MODERNA JÁ ESTAVA TRABALHANDO NA VACINA DE MRNA CONTRA O CORONA MUITO ANTES DA PANDEMIA

O instituto americano de saúde NIH e Moderna já estavam trabalhando em uma vacina de mRNA contra o corona muito antes do surto da corona.

O apresentador de rádio, Glenn Beck, fez esta revelação surpreendente no programa de TV, Tucker Carlson, de quarta-feira.

O governo dos EUA discretamente firmou um acordo com a Moderna.

Os Estados Unidos e a empresa de biotecnologia estavam colaborando com vacinas de mRNA para coronavírus, revelou Beck.

Escondido profundamente, o professor Ralph Baric assinou um acordo do governo com a Moderna em dezembro de 2019, de acordo com um documento confidencial de 158 páginas.

Bem no fundo do documento, na página 104, pode-se ler que as partes firmaram um acordo secreto. O documento afirma que as vacinas do corona candidatas estão sendo desenvolvidas e pertencentes ao NIAID (Instituto Nacional de Alergia Doenças Infecciosas do Dr. Fauci) e à Moderna, disse Beck.

Campanhas difamatórias

“Estranha coincidência, mas espere, fica pior”, disse ele. O NIAID, que se enquadra no NIH, e o Fauci financiaram a pesquisa de ganho de função em um laboratório em Wuhan.

Peter Daszak da EcoHealth Alliance, a ‘mulher morcego’,  Dra. Shi  e o Dr. Baric estavam pesquisando coronavírus lá. Então ocorreu um surto.

Essas pessoas lançaram campanhas de difamação em janeiro contra qualquer um que estivesse pesquisando a teoria do vazamento do laboratório.

Parece haver uma conspiração aqui, de acordo com Beck. Ele entregou os documentos a várias pessoas no Congresso e no Senado. Fauci terá que responder por si mesmo, disse ele.

 

 

 

Compartilhe

Entre em contato com a gente!

×