Pular para o conteúdo
Início » E-MAILS VAZADOS – IMPRENSA SENSACIONALISTA E O SUPORTE DA MEDICINA

E-MAILS VAZADOS – IMPRENSA SENSACIONALISTA E O SUPORTE DA MEDICINA

Por Ana Clara (Time 320)

Arnold Monto, médico e epidemiologista americano, alerta Fauci sobre a condução sensacionalista da mídia no tema coronavírus. Ele comenta sobre o envolvimento de Fauci na pandemia SARS de 2009 (juntamente com Rich E. Besser, médico e executivo americano) e destaca que, se não conduzido corretamente, o tema do novo vírus pode trazer consequências negativas. Ele traz indícios de que é problemático quando “questões de saúde pública” se tornam o foco. Monto comenta, também, que integrou o time de resposta a emergência da OMS em 2009 e como, na época, a condução da mídia afetou negativamente os “programas” em grande parte da Europa.

Em resposta, Fauci diz que seguirá indicando o contato de Monto para a imprensa.

TRADUÇÃO:

31 de janeiro de 2020

De: Arnold Monto

Para: Fauci, Anthony

Assunto: Problemas com coronavírus

Olá, Tony:

Conforme este tema progride e outros assuntos da mídia são silenciados, eu me preocupo que não estejamos lidando com isso da forma que foi feito na pandemia de 2009, quando você e Rich Besser se organizaram como um time. Isso fica muito complicado quando intervenções de saúde pública ocorrem como foi feito com a SARS e se tornam o foco. Eu estou sendo contatado atualmente pela mídia, não porque eu estava em Pequim no final da pandemia SARS, mas pelas minhas credenciais no tema epidemiologia. Eu estou tentando colocar as coisas no contexto correto de acordo com minhas experiências do passado, apesar de saber que outras informações sensacionalistas podem emergir e piorar a situação. E nós sabemos quem estará por trás disso.

Keiji me colocou no Comitê de Resposta a Emergência da OMS em 2009 como membro não-governamental, sem necessidade de aprovações, etc. Estou tentando descobrir se posso assumir esse papel novamente, mas ainda não recebi o contato da nossa amiga mútua Elizabeth Cohen, mas tenho certeza que receberei em breve. A única coisa que posso fazer é tentar (xxxx – censurado).

Estou anexando um arquivo que escrevi em 2009 sobre a forma como foi tratado e adversamente afetou os programas em grande parte da Europa. Pode ser interessante para aqueles que não faziam parte do tema naquela época.

Att.,

Arnold

 

Tradução: Ana Clara

Compartilhe

Entre em contato com a gente!

×