Pular para o conteúdo
Início » O CERCO ESTÁ FECHANDO (URGENTE 25)

O CERCO ESTÁ FECHANDO (URGENTE 25)

BOLÍVIA: ATÉ 10 ANOS DE CADEIA PARA QUEM QUE NÃO ANDAR COM O PASSAPORTE DE VACINA

A medida entra em vigor a partir do dia 1° de janeiro

O Governo da Bolívia ameaçou nesta segunda-feira punir com penas de até dez anos de prisão para quem não levar o certificado de vacinação contra COVID-19 para participar de eventos sociais ou entrar em certas instalações, que entrarão em vigor em 1 de Janeiro.

O vice-ministro da Defesa do Consumidor, Jorge Silva, destacou que a medida “não é brincadeira” e detalhou que quem não portar o documento e apresentar resultado positivo de COVID-19 poderá ser punido com base em crime de agressão à saúde pública. “Se eu não carregar, não mostrar esses documentos e se eles me testarem e eu tiver COVID-19, estou atacando a saúde de outros usuários. Portanto, você pode fazer um julgamento por mim”, disse ele em declarações à televisão pública boliviana, coletadas pelo jornal “El Deber”.

“Não é uma brincadeira, não é uma coisa que saiu e (…) quem quer cumpre e quem não quer não cumpre”, insistiu. O Decreto 4640 exige a apresentação do certificado de vacinação ou a apresentação de um PCR negativo para poder ter acesso a determinados espaços – como instituições públicas, entidades financeiras, religiosos ou centros comerciais – e para se deslocar entre departamentos.

Até o momento, mais de 3,5 milhões de pessoas têm o esquema vacinal completo na Bolívia, com quase meio milhão de cidadãos imunizados com a dose de reforço, segundo dados do Ministério da Saúde da Bolívia.

 

 

Compartilhe

Entre em contato com a gente!

×